sábado, 29 de abril de 2017

ELA ME CONGELA

Como é bela aquela negra...
Que olhar penetrante só conheço o dela.
Suas vestes vermelhas envolvendo seus cabelos
Cacheados, que olhos negros que parecem
Até diamantes rubejados.
   
Vejo aquela boca, logo fico perdidamente
Apaixonado, observando as curvas do seu corpo
Sou tomado por um tesão incontrolável.
Não sei o que isso significa, se é desejo,
Ou um amor sem obstáculos, só sei
Que a quero de qualquer jeito com
Os minutos contados...

Seus colares que te adornam são jóias impagável,
Brilham de tal modo que parece até um dia
De sol ensolarado...

No entanto sua pele é onde se esconde o
Verdadeiro abalo, da cor da meia noite
Majestosa como a lua em dias de sábado,
Todos os amantes olham para ela quando
Estão andando pela rua becos e vielas.
Ela é tão bela como o brilho das estrelas e seu
Olhar parece uma viagem a outros universos sem exagero.

Por falar em seu olhar, eu mesmo não consigo discernir,
Parece tão profundo ao ponto que não sei o que falar.
Todas as vezes que a vejo não consigo disfarçar,
Apenas olho em seus olhos e morro
De desejo de lhe amar.

Todavia confesso para vocês eu não
Sei se isso é amor, só sei que essa
Neguinha me inspira e me deixa louco de desejo,
Tal sorte que eu anseio, só quero sua boca –
Seu corpo que me alucina seria isso um desejo
Misturado de paixão incontrolável?

Seu jeito meiga e ao mesmo tempo marrenta,
Destemida em sua vida e ardida como uma pimenta,
Sua beleza está na sua pele que me enlouquece,
Está nos seus cabelos afro-africana, está
Em tudo nela que parece algo que me congela.
Como é bela essa negra.


QUEM EU QUERO ENGANAR

Ela sabe quando escrevo minhas poesias para ela.
Ela sabe quando os poemas são para ela.
Porém, ela sabe que eu não escrevo mais nada para ela.
Confesso que ainda penso nela,
Como posso esquecer uma neguinha tão bela.
E olha eu aqui contradizendo o que eu prometi para ela.
Estou escrevendo sem perceber sobre ela.

No entanto não é para ela, não tem o mesmo amor
Que era transmitido para ela,
Apenas restou e sobrou alguns parágrafos
Lembrando sobre ela. Mas que
Fique bem claro, não é para ela.

Espera um pouco! Quem eu quero enganar...
Essa neguinha me deixa louco, de modo que
Eu não consigo me controlar.
Sempre procuro e dou um jeito de se
Achegar perto dela, arrumo uma
Desculpa que só ela percebe. Aqueles
Que estão em nossa volta nem si quer
Entendem o olhar, mas ela percebe o
Jeito que a observo quando vejo ela passar.

Há meu Deus! Como é bela essa neguinha,
Como a quero em meus braços, que desejo mais alucinado.
Todavia não nego o que falo, um dia sei
Que com seu coração conquistado, as
Poesias voaram como os pássaros.
E o que restou de um dia foi eternizado, e
Digo para vocês caros leitores, será
Sempre lembrado...


O PASSARINHO PREGADOR

Quem dera eu fosse um passarinho,
Acordar bem cedo de manha
Para cantarolar nos ouvidos de meus vizinhos.

Não importa se acordam de mau humor
Ou não me dão atenção,
Tenho prazer e muito amor na minha canção.

Então eu cantarei! Assoviarei aos quatros cantos do vento,
Para esse povo sem compaixão.
Voarei com minhas azas onde
O povo descansar...
Descansados quem sabe assim podem
Até me escutar, mas não adianta
Esse povo só sabe reclamar,
Não escutam a beleza do meu cantar.

Foi o meu Criador que falou:
Meu filho pode assoviar,
Canta para todos sem parar,
E se eles não te ouvir não desanime,
Pois estarei sempre em seu coração,
Te inspirando com novas canção...

Tenha amor, pois eles também
São seus irmãos.


VENDAVAL AMOROSO

Poemas e pessoas,
Eu não sei bem o que escrevo,
Só sei que eu me inspiro e falo sobre
Meus desejos acompanhados de anseios.

Digo o que significa o amor, e bem rapidinho
Me lembro sobre a paixão que passou.
No sentimento relacional coisa casual
Me lembro sobre meus amores que até
Parece-me um vendaval.

Fazer o que se escrevo o incompreensível,
Sentimentos de um doido louco apaixonado
Que tem um olhar divino...

Divinamente inspirado e ao mesmo
Tempo intensamente apaixonado,
Escrevo meus desejos,
Ora angustiado, ora com o coração
Cheio de amores alucinados.

Que alucinação é essa que só entra

Em ação quando eu sinto ela.


O OLHAR

Não se atreva a atravessar o meu olhar,
Eu sei que quando olho você vira, e quando viro você olha.
Parece um espelho sem reflexo,
Só posso admirar sem que você perceba que estou a ti olhar,
E se olho dou uma risada, e se sorriu, porque não uma piscada.

Você reage sem disfarçar, então olha e não
Consegue mais parar, que desejo é esse meu Deus!
Que parece que vai estragar...

Só olha não pensa,
Se pensou em pensar não quero mais pensar.
Quero apenas te beijar, quero te acariciar,


Meu benzinho você vai deixar?


EU QUERO

Quero ser Versos...
Quero ver o mundo todo inverso.
Estou cansado de maldade,
Quero um mundo cheio
De pessoas amáveis,
Quero paz, quero amor,
E porque não com uma
Pitada de inverno sem o castigo do calor.

Quero alegria, pois sei
Que na vida teremos um
Pouco de agonia, quero luz,
Para que a mesma ilumine
Os meus dias.

Em fim quero humanos
No meio de um povo desumano!


MACONHA

Antes de tudo quero dizer que eu quero escrever sobre esse tema sem a pretensão de querer induzir alguém, ou de querer restringir alguém em relação ao uso, ou o não uso dela.

Queria começar explicando porque creio que a maconha não seja uma droga. Todos nós bem sabemos que hoje em dia tem pessoas que usam a erva como um utensilio medicinal, ajuda de alguma forma a salvar vidas. No entanto, quero falar sobre o uso dela como nós conhecemos no mérito da defumação, porque creio que não seja errado? Há muito tempo atrás ela era usada até para um meio de consagração, a erva, pois bem, a Keneh Bosem em hebraico, em latim Cannabis, é traduzida erroneamente nas edições bíblicas atuais como cálamo, erro que vem de uma tradução grega do século III, que nas versões politicamente corretas, como cana aromática, é um óleo da mistura que o Eterno mandou Moisés preparar em Êxodo 30:22-31. Hoje em dia os Rastas fumam a erva com o ideal de uma limpeza do nosso corpo interior. Baseado nesse ideal posso afirmar que o uso do “baseado” não é errado diante dos homens e de Deus por uma questão de consciência, o erro está na forma que a usamos. Isto é, com qual intuito a fumamos? Hoje em dia vejo muito manos meu fumando um baseado para mostrar para os outros maninhos que é descolado, que é malandro, para conquistar umas menininhas. A aqueles que fumam porque realmente sem um baseado diário vivem suas vidas em um estresse louco de modo que não suportam nem o tic-tac do relógio. A aqueles que fumam porque é uma herança religiosa, como no caso dos Rastas, uma limpeza no corpo interior espiritualmente falando. No entanto na sociedade em que vivemos onde as pessoas são emboscadas pelo estresse, porque não fumar um baseado de forma controlável, cultivar sua própria erva natural em seu quintal, sem o erro de querer fumar nas ruas influenciando as molecadas da comunidade. Porque peco diante do meu Deus se fumo meu baseado consciente de que não estou influenciando ninguém? Respeito as pessoas que levam sua vida com toda dignidade possível e no verão para relaxar fumam seu baseado na beira da praia. Essas pessoas também são amadas por Deus na mesma medida que Ele ama aqueles que escolheram não fumar nada. Então digo: quem fuma seu baseado de forma responsável e com um domínio próprio notável, não pare se sua consciência não te acusa diante de Deus. E também digo: quem não fuma um baseado porque não quer, também não fume porque seu irmão fuma, não fume se sua consciência te acusa diante do seu Deus. Porem advirto: quem fuma não tire sarro do seu irmão que não usa, e quem não usa, não use discriminação para com seu irmão porque ele fuma seu baseado. Quem fuma não tente forçar seu irmão a fumar, e quem não fuma não force seu irmão a não fumar.

Formas errada de fumar um baseado que eu vejo nas quebradas de São Paulo, nas esquinas, na frente das crianças e idosos, não façam isso meus maninhos, me lembro de uma época passada que os manos e manas fumavam destacados das pessoas com o máximo respeito, ao ponto que se até o cheiro incomodasse alguém, eles logo se redimiam. Aprendi hoje em dia que com respeito você será respeitado, então respeitem o espaço das crianças de irem e vir sem nenhuma forma de influenciar elas a algo que elas ainda não estão capacitadas para decidir como uso ou não.

A maconha hoje em dia só é discriminada pela forma que a usamos, hoje em dia a países que estão legalizando o uso dela. Por incrível que pareça o álcool e o cigarro é liberado. No entanto o cigarro e o álcool não são descriminados porque o nosso governo brasileiro lucra com eles, já a maconha como lucrarão com ela, se nós podemos plantar em nosso quintal em vez de comprar industrialmente falando? Moramos em um pais tropical.... O álcool é influenciado por nossa televisão com propagandas, o nosso cigarro não é mais, porém inconscientemente é divulgado em filmes, em novelas, e sempre são propagandeados de forma normal, como se fosse bacana usar tais coisas. Mas quando chega na maconha... Aí ela é divulgada de forma endiabrada, como se fosse a coisa mais ilegal do mundo, diante de Deus e dos homens. No entanto pergunto aos especialistas: O que é mais prejudicial, o álcool, o cigarro, ou a maconha? Se realmente eles forem sinceros terão que admitir que o álcool e o cigarro são as causadoras da desgraça do mundo.

O que eu quero dizer com tudo isso? Quero dizer que nossa sociedade age hipocritamente quando demonizam a maconha esquecendo do álcool e do cigarro, qual é pior? Pergunte-se a si mesmo.... Todavia sei que essas ideias para os mais velhos são absurdas. Sem falar que deixei bem claro que não é lucro nenhum, financeiramente falando, liberar a maconha para os nossos governantes aqui no Brasil, se o pior é liberado porque eles ganham que é o cigarro e o álcool é um grande sinal que eles não estão nem aí com a saúde da população. Mas porque a maconha não é uma droga na minha opinião? Pelo simples fato de que nenhum homem a criou em algum laboratório. Quero deixar bem claro que apesar de não se contra a defumação da erva, sou radicalmente contra ao uso de drogas químicas, sejam elas de qualquer natureza.


Em suma, não considero a maconha uma droga. Uso coisa piores como cigarro e álcool. No entanto a maconha só não é legalizada porque ela não beneficia o governo. Não sou contra os usuários de drogas, porém sou contra as drogas que usam os usuários, falo de drogas químicas. Sou a favor da legalização da maconha? Não, sou a favor de crescermos conscientemente entendendo que o uso da erva tem que ser uma escolha pessoal de cada indivíduo com responsabilidade diante de suas escolhas e atos. No entanto esse não é o tema crucial para responder à pergunta: porque o nosso mundo é tão injusto?



terça-feira, 4 de abril de 2017

As pessoas temem está só

Preciso ser franco. Hoje em dia as pessoas estão mais preocupadas com seus sentimentos emocionais do que com seus estados espirituais. Costumo falar que hoje em dia as pessoas temem está só, mas quando estamos preocupados com as coisas espirituais que são eternas, isso é as coisas lá de cima, as de baixo simplesmente se complementam não por causa de nossas necessidades, mas sim porque você aprendeu a lição que foi ensinada por Cristo. Procurai primeiro as coisas de cima que as coisas de baixo, isso é do mundo terreno, lhes serão acrescentadas. Será que não valemos mais do que passarinhos, ou quem é aquEle que veste os lírios dos campos, e mesmo assim nenhum de nós com todo nosso dinheiro não conseguimos nos vestir como aqueles lírios. Desse modo então, deixa-se se vesti pelo Espirito do Eterno, e quão grande será sua beleza.

O que eu estou querendo dizer é: preocupe-se mais com seu relacionamento com o seu Abba Celestial, faça isso e você verá que quanto tudo mais se tonará pequeno diante da sua relação com o Eterno, você está sofrendo por causa de uma paixão? Há isso não é exatamente nada, não vai fazer nem cócegas no seu coraçãozinho, o que vai te habitar é maior que o universo, pois Ele mesmo quem criou o universo. Vejo tantas pessoas sofrendo por amores passageiros, aliais eu também já sofri muito por esses amores, mas hoje em dia não consigo mais ser assim, esse amor passageiro que eu sei que nesse exato momento você está passando por ele, é vergonhoso, sabe por que? Porque ele faz algo querendo outra coisa em troca, me ame que eu te amarei, se você não me ama eu também não ti amarei, não, não faça mais isso! É exatamente esse amor que eu deixei de lado, o amor que eu aprendi com meu mestre diz: ame sem ao menos pedir um sorriso em troca, apenas ame, ame porque você só sabe fazer isso, e isso já faz parte da sua natureza, agora: não ame querendo ser beneficiado por causa de seu amor, como se fosse uma boa conduta, ame porque as pessoas precisam de serem beneficiados pelo seu amor, porque o seu amor é Ágape, o amor que você aprendeu aos pés do seu Deus. Esse é o amor que me tirou do sofrimento amoroso que pedia sempre alguma coisa em troca.

Você agora entende porque eu amo as pessoas, e você agora sabe porque todas as outras coisas me são acrescentadas? Foi porque eu aprendi a amar de forma espiritual as pessoas com a consciência de que todas são filhos de Deus. Hoje olho em minha volta e posso te falar que todas as coisas me são acrescentadas, até porque tudo que faço, não faço mais querendo nada em troca.

É isso que o Eterno faz com nós todos os dias.... Então também façamos isso.

Agora só não confunda o que eu estou dizendo com a desistência de um amor conjugal, estou falando de um amor que faz algo pedindo outra coisa em troca, esse amor eu recomendo a vocês: Abandone. Apenas amem sem querer nada em troca.


A Graça para os Desgraçados

Chorei diante do Eterno quando fui emboscado pela minha perversidade. Dou graças a Ele todos os dias por não me deixar sem essa simples percepção. Ó querido, Abba, não me deixe tornar-se um homem mal, sem consciência de que é necessária uma perseverança na peleja estrada estreita do amor. Sabe, fico confuso de quando em quando e logo sou consolado por esse amor divino. Quando pratico o que é mal e sei que desagrado o meu Criador, minha consciência me acusa, todavia isso é bom, é sinal que ela não está cauterizada e nem anda de mãos dada com o padrão de valores desse mundo. Então logo sou consolado pela condenação da minha consciência diante de meus atos, sim, isso mesmo sou consolado pela condenação da minha consciência, isso me permiti a ter acesso a dadiva do perdão, coisa essa que só quem ama conhece e mesmo eu não sabendo amar perfeitamente a conheço, imagine o nosso Abba Celestial. Por isso que me alegro quando sou emboscado por essa consciência gritante em meu íntimo. Ecoa sussurros dizendo: Pare filho meu.... Esse caminho não te levará ao Pai das luzes, você é uma luz, então brilhe e não se escureça.

Então eu choro e lamento quando sou mal, fico muito triste e confuso, pensando eu: porque ajo dessa maneira, e porque faço tais coisas e logo me arrependo profundamente e me lembro que fui criado para amar e espalhar o amor, não importa quantas vezes você erra, o que importa é quantas vezes você vai querer errar o mesmo erro. Não é sábio ficar se lamentando por causa de seu passado, querem uma prova da eterna benevolência do nosso Deus, aquEle Deus que se manifestou na revelação histórica de Jesus de Nazaré? Pois bem, recordo-me e consigo imaginar a cena no meu subconsciente como se estivesse lá, Jesus pregado em uma cruz agonizando ao lado de dois malfeitores, um o incitava indagando, salve-se a si mesmo já que é filho de Deus, faça alguma coisa ao ponto que o outro exclamava: Cale-se, será que nem mesmo diante da morte você teme a Deus, este homem não fez nada para merecer tal condenação, mas nós a merecemos, nossa condenação é justa, mas a desse homem é injusta. Então o maltrapilho diz a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E Jesus o responde: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.... Somos aqueles homens errantes que reconhece nossa pecaminosidade e mesmo assim crer que Deus nos ama e que faz de tudo para nos salvar, ou somos aqueles homens que não confia na benevolência do nosso Criador e diz: já estou na merda mesmo, que se dane tudo, não quero mais saber de nada, Jesus nem se quer houve minhas orações. Quem somos nós no meio dessas duas alusões? Faça sua escolha, mas saiba que independente dela, temos um Deus-Abba furiosamente amoroso com suas criaturas, um amor Divino.

Enquanto escrevo essas palavras meus olhos enchem de lagrimas, mas não porque eu possa estar possuído por um ressentimento tenebroso de algo que fiz, mas sim pelo assombro de conhecer a minha maldade e mesmo assim, ter a certeza confiante de que sou amado por Deus, isso é simplesmente maravilhoso, Deus me ama sem ao menos eu merecer esse amor da parte dEle, mas mesmo assim ele sussurra, EU TE AMO FILINHO.... Como obtive essa consciência diante do meu Abba, somente através de Cristo.